domingo, 7 de junho de 2015

Viagem ao Centro do Nome [O Poeta de Meia-Tigela]

de mim para mim em mim mais adentro

No v)ir-me devo ater-me ao que me atenho
a saber, o seguir direto ao centro
do não-saber do sem-forma ou desenho
- o não-meunão-me não-eu no qual entro
não entrando, cumpr)indo atento o empenho
de ir ao não-lugar do mim que desventro -

Inestou aqui onde não há on-
de: desacá, nenhures
                        Nada assome
ao alguém que não sou, ninguém respon-
da ao chamado que já não há e a fome
de haver não h)aja nem exista o som

(mas no dentro do nome ao centro o nOMe)





..............................
# LEIA TAMBÉM:
* O Mito de Er [O Poeta de Meia-Tigela]
* Audifax Rios / A Saga Bubalina de Campanário [O Poeta de Meia-Tigela]
* A Noiva [O Poeta de Meia-Tigela]




O Poeta de Meia-Tigela (Alves de Aquino), natural de Fortaleza-CE, 1974, participou em 2007, da Antologia Massanova – Poesia Contemporânea Brasileira. É autor de: Memorial Bárbara de Alencar & Outros Poemas (2008); Concerto Nº 1nico em Mim Maior Para Palavra e Orquestra. Poema: Combinação de Realidades Puramente Imaginárias [Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2010]; Miravilha – Liriai O Campo dos Olhos [Confraria do Vento, 2015]. Seu blog: http://opoetademeiatigela.blogspot.com.br/. No Recanto das Letras [clique no link: http://goo.gl/DfXM43). No site do Antonio Miranda (clique no link: http://goo.gl/aUHHjp). Matéria no Diário do Nordeste (clique no link: http://goo.gl/NbcBKI). Na observação da escritora Ana Miranda (clique no link: http://goo.gl/K6rdcb). Faz parte d'Os Poetas de Quinta [http://poetasdequinta.blogspot.com.br/].



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com sentimento sincero e responsabilidade, fique à vontade para comentar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...